Ir para o conteúdo
ou

Banner da Comunidade

COMPARTILHE:

Oficina de Noosfero

Por favor, edite este bloco e selecione algumas imagens
Tela cheia Sugerir um artigo
 Feed RSS

Blog

16 de Julho de 2014, 7:34 , por Desconhecido - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.

Vida curta: Conheça 12 astros de Hollywood que morreram antes dos 30 anos

6 de Julho de 2017, 16:53, por Driele Jorge Silva - 77 comentários

Eles morreram jovens, antes dos 30 anos, mas marcaram seus nomes na história do cinema. Abaixo, o UOL cita 12 atores e atrizes que tiveram suas carreiras interrompidas por mortes prematuras. A lista traz, por exemplo, a atriz miriim Heather O'Rourke, estrela dos filmes de Poltergeist, que morreu aos 12 anos devido a uma obstrução intestinal, e o eterno galã James Dean, que morreu aos 24 anos após um acidente de carro há mais de 60 anos
0

Irmão do também ator Joaquin Phoenix, River  morreu aos 23 anos, em 31 de outubro de 1993, após sofrer uma overdose do lado de fora da boate Viper Room, em Hollywood. Em sua curta carreira, River Phoenix estrelou “Conta Comigo” (1986), “Garotos de Programa” (1991), “Apostando no Amor” (1991) e “O Peso de um Passado” (1988). Quando morreu, River Phoenix participava das filmagens do longa “Dark Blood”, que só foi concluído em 2012.
0

O ícone rebelde James Dean morreu ainda jovem, aos 24 anos, em 30 de setembro de 1955, em um acidente de carro na Califórnia. Apesar da pouca idade, Dean estrelou produções de sucesso como “Vidas Amargas” (1955), “Juventude Transviada” (1955) e “Assim Caminha a Humanidade" (1956). Dean morreu antes do fim das gravações do longa “Assim Caminha a Humanidade”. Seu amigo Nick Adams acabou finalizando o filme por ele.
0

A atriz americana Sharon Tate morreu de maneira trágica aos 26 anos, em agosto de 1969. Ela foi brutalmente assassinada, aos oito meses de gravidez, por grupo de seguidores de Charles Manson. Até sua morte, ela havia estrelado produções de sucesso como “Barrabás” (1961), “O Olho do Diabo” (1966), “A Dança dos Vampiros” (1967), “Não Faça Ondas” (1967) e “O Vale das Bonecas” (1967).
0

O australiano Heath Ledger tinha apenas 28 anos quando foi encontrado morto em 22 de janeiro de 2008 em um apartamento de Nova York (EUA). Ledger ficou marcado pelos personagens de um caubói gay no filme "O segredo de Brokeback Mountain" (2005) e por sua atuação como o Coringa em “Batman: The Dark Knight” (2008). Por sua atuação como o vilão, Ledger ganhou em 2009 o Oscar póstumo de melhor ator coadjuvante.
0



Ancine relata baixa audiência em filmes nacionais

6 de Julho de 2017, 16:52, por jessica - 0sem comentários ainda

De acordo da Agência Nacional de Cinema (ANCINE), filmes estrangeiros lideram no ranking do ano e são os mais vendidos nas bilheterias. O filme “Minha Mãe é peça 2” foi único brasileiro destacado entre os melhores do ano, na quarta posição. Para os cineastas e produtores a produção de cinema  em Brasília e no Brasil, tem uma baixa visualização  em relação aos  estrangeiros.

 

A cineasta Ana Luisa Carneiro, 20 anos, que trabalha há cinco anos na área, a procura por filmes comerciais é maior do que independente, pelo fato do baixo orçamento, e tendem a ser ruins para público por não apresentar vários efeitos especiais, como atores famosos e roteiros para chamar atenção do público. "Essa receita hollywoodiana de sucesso acaba atraindo espectadores desde sempre e excluindo quem se atreve a sair dessa fórmula", afirma.

Para a cineasta, o cinema autoral visa mais exibir os questionamentos, mostrar ideias e instigar coisas em quem tá assistindo que às vezes é preciso assistir mais de uma vez para entender. “Por essas razões vai parar nas sessões de filmes "cult" que acaba por ser banalizada por quem é fã dos famosos "blockbuster" (que é um termo usado para filmes comerciais que arrastam multidões para o cinema).

 

A estudante Yasmin Costa, 18, filmes comerciais que muitas vezes são estrangeiros, invadem as salas de cinemas de uma forma significativa, é mais fácil ter acesso a esses filmes nas plataformas de streaming, o público já está acostumado com tudo que vem de fora pra dentro e não o contrário, conta ela.

 

Festival de Cinema Transcendental

 

O festival de Cinema Transcendental é um dos projetos de incentivo ao cinema brasiliense. O produtor Lucas Padula é um dos organizadores e explica que os brasilienses conhecem muito pouco da produção nacional, e que os incentivos são poucos e os  filmes nacionais estão à procura de uma identidade. O festival busca em sua programação exibir o que há de melhor no cinema nacional e internacional, para que haja troca de experiências e uma maior compreensão da temática transcendental.

Dentre a seleção de filmes brasilienses selecionados em 2017 estão seis inscritos selecionados na Mostra Competitiva de Curtas Metragens. Foram eles: Retratos da Alma - 20 min – Direção: Léo Bello, Deixe o barro secar - 9 min – Direção: Erizaldo Cavalcanti Borges Pimentel, Frágil - 10 min – Direção: Luiz Vicente da Costa Braga, Quem você pensa que é? 7 min - Direção: Dety Kersting; Repacificar – 18 min – Direção: Rafael Vargas e Rodrigo Brant e Despertar – 20 min - Direção: Rafael Varg.



Estatísticas para noosfero

  • 6 usuários
  • 0 tags
  • 7 comentários