Ir para o conteúdo
ou

Minha rede

Tela cheia

Sobre o portal

19 de Novembro de 2014, 22:00 , por Monica Sacramento Costa - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 20857 vezes
Traduções

Você quer encontrar as ações da Secretaria Nacional da Juventude (SNJ) para a juventude brasileira? Quer saber quais programas, planos, conselhos de juventude existem no país? Quer criar comunidades, promover debates, fazer sua rede, incluir amigos? Ou encontrar dados, informações sobre políticas públicas para a juventude e sobre o jovem brasileiro?

O Portal da Juventude é a primeira plataforma temática do Governo Federal. Notícias, eventos, planos e programas da SNJ dialogam com pesquisas, publicações e com conteúdos das comunidades e redes sociais.  O Conselho Nacional de Juventude (Conjuve), o Juventude Viva, o Juventude Rural, o Participatório, o Estatuto da Juventude, o Estação Juventude e outras iniciativas do Governo Federal. Pesquisas, projetos, artigos, publicações sobre a construção do Plano Nacional da Juventude (PNJ) e muitas outras informações em um só local.

O Portal da Juventude é o espaço para todas as pessoas interessadas em políticas de juventude interagirem e criarem comunidades, para dialogar com o Governo Federal.

Os objetivos do Portal da Juventude são:

1. Integrar conteúdo e promover o acesso à informação e a serviços de utilidade pública sobre políticas de juventude.

2. Divulgar e dar visibilidade às políticas públicas de juventude e aos direitos dos jovens.

3. Ser um mecanismo de participação via internet para a juventude brasileira (e-participação).

Esse processo de integração de conteúdos do Portal da Juventude é uma iniciativa que visa consolidar uma comunicação web interativa e aberta em todo o Poder Executivo Federal. É um processo em constante construção, com interação interministerial e participação direta da sociedade por meio das comunidades e grupos de discussão.


Categorias

Comunicação e Tecnologia
Tags deste artigo: e-participação participação social e-gov portal da juventude web2.0 internet