Ir al contenido
o

 Regresar a Notícias do ...
Pantalla completa Sugerir un artículo

SNJ tira dúvidas sobre a ID Jovem no programa A Voz do Brasil

julio 10, 2017 17:18 , por snjuventude@gmail.com - 0no comments yet | No one following this article yet.
Viewed 197 times

Whatsapp image 2017 07 10 at 16.58.55

O Secretário Nacional de Juventude, Assis Filho, esclareceu ontem a Identidade Jovem – mais conhecida por ID Jovem –, durante participação ao vivo no programa de rádio nacional A Voz do Brasil. Lançado em dezembro do ano passado pelo presidente Michel Temer, o Programa ID Jovem tem como proposta beneficiar mais de 15 milhões de brasileiros de baixa renda com idade entre 15 e 29 anos.
Na entrevista, o Secretário Nacional de Juventude apresentou, por exemplo, quais são os benefícios garantidos pela ID Jovem, como pode ser feito o documento, os critérios para obtê-lo e o que fazer quando uma empresa recusa os benefícios.
O objetivo dessa Política Pública é proporcionar à população jovem de baixa renda, por meio de documento emitido pelo Governo Federal, o acesso a eventos esportivos, artísticos, culturais, além de passagens interestaduais. Não é obrigatório que o jovem seja estudante para obter os benefícios.
Como foi abordado pelo Secretário Nacional de Juventude, a ID Jovem garante dois benefícios previstos no Estatuto da Juventude: a meia-entrada, que é o desconto de 50% no valor total de ingressos culturais e de lazer; e a reserva de duas vagas gratuitas e duas vagas com desconto de 50% no valor da passagem para viagens em transportes interestaduais.
Podem usufruir dessa Política Pública todos os jovens na faixa etária de 15 a 29 anos, cuja renda familiar é de até dois salários mínimos e que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Para obter a identidade, basta baixar o aplicativo iD Jovem em qualquer loja virtual para smartphones ou imprimir o cartão por meio da página do Programa no site caixa.gov.br/idjovem.
Os benefícios devem ser garantidos no ato da compra dos ingressos ou bilhetes de passagens por meio da apresentação da ID Jovem – dentro do prazo de validade de 180 dias – junto a documento oficial com foto. Se a empresa prestadora de serviços recusá-los, o jovem deve solicitar uma justificativa formal por escrito, na qual devem constar data, hora, local e motivo da recusa.

ASCOM/ SNJ


0no comments yet

Publicar un comentario

Los campos son obligatorios.

Si eres un usario registrado, puedes iniciar sesión y automáticamente ser reconocido.