Ir para o conteúdo
ou

Minha rede

 Voltar a Notícias do ...
Tela cheia Sugerir um artigo

Parceria entre SNJ e governo indiano possibilitará intercâmbio entre jovens dos dois países

5 de Agosto de 2016, 10:29 , por Pedro Henrique Caixeta - 0sem comentários ainda | 1 pessoa seguindo este artigo.
Visualizado 215 vezes

Embaixador da india

O secretário nacional de Juventude, Bruno Moreira Santos, recebeu nesta terça-feira (02/08), o ministro conselheiro e chefe adjunto de Missão da Embaixada da Índia no Brasil, Sr. Abhay Kumar.  O objetivo do encontro foi o de firmar parcerias na área de esportes e de juventude. A proposta do governo indiano é a de viabilizar programas de intercâmbio bilateral entre jovens dos dois países, por meio do oferecimento mútuo de viagens culturais a brasileiros e indianos pelo período de 10 dias.

A intenção do governo indiano é a de recuperar Memorando de Entendimento assinado em 2008 para viabilizar esse intercâmbio. Essa parceria segue as diretrizes de acordos firmados também no âmbito da 2ª Cúpula de Juventude dos BRICS, realizada no início de julho em Guwahati, na Índia. Estiveram presentes no encontro as delegações chinesa, russa, sul-africana e brasileira e além delas, participaram representantes do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), da Organização Voluntários das Nações Unidas (UNV) e da Unicef que tiveram presença como observadores.

No painel sobre empreendedorismo e capacitação, os representantes do Brasil apresentaram dados básicos sobre a população jovem no Brasil, traçaram o histórico da SNJ e apresentaram o programa "Jovem Aprendiz". No debate sobre inclusão social, a delegação brasileira apresentou o programa "Juventude Viva" e enfatizou a necessidade de intercâmbio de dados e estatísticas entre os países BRICS, dadas a similaridade de vários dos desafios enfrentados pelos países do grupo.  Na área de governança, o Brasil apresentou alguns dados e regras sobre a participação da juventude no processo eleitoral e o Conselho Nacional da Juventude (Conjuve).

No final da cúpula, foi endossado o documento "Guwahati BRICS Youth Summit 2016 Call to Action", com recomendações para o emponderamento dos jovens e o fortalecimento da cooperação dos países BRICS nessa área. Entre as propostas apresentadas, três merecem destaque: apelo aos bancos de desenvolvimento para que forneçam apoio financeiro a iniciativas de jovens das nações BRICS; reuniões (inicialmente de forma virtual) entre grupos de trabalho desses países compostos por um representante das Secretarias de Juventude e um da sociedade civil para assegurar a realização das iniciativas propostas durante a cúpula e a criação de uma plataforma online para compartilhar as melhores práticas e oportunidades nesses países.

Texto: Ascom/SNJ


Categorias

Participação Social, Diversidade e Igualdade, Internacional

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.