Ir para o conteúdo
ou

 Voltar a Notícias do ...
Tela cheia Sugerir um artigo

Dia "D" no Rio de Janeiro cadastra 8 mil jovens

9 de Agosto de 2017, 12:24 , por jessica - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 73 vezes

 

Whatsapp image 2017 08 09 at 12.05.46Fotos: Rogerio Santana/com informações da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude do Rio de Janeiro 

Cerca de 8 mil jovens foram cadastrados no programa ID Jovem nas 17 escolas públicas do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (08/08), que ficou conhecida como o Dia "D" de cadastramento no programa.

Equipes da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude e da Secretaria de Estado de Educação realizaram um verdadeiro mutirão de cadastramento, em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, para fazer o atendimento dos alunos nas escolas. "O número de novos cadastrados só foi possível porque levamos o CRAS até onde o jovem está", explica Jessica Ohana, superintendente de Juventude do estado do Rio de Janeiro.

O Colégio Estadual Julia Kubitschek, no centro do Rio de Janeiro, foi uma das unidades de ensino que serviram de base para o cadastro. Com um mural na entrada explicando como conseguir o ID Jovem, a proposta despertou a atenção dos alunos. As estudantes Dianna Yara, de 15 anos, e Joyce Pires, de 16 anos, aprovaram a realização do cadastramento. Ambas já têm o hábito de ir a eventos culturais e artísticos, mas não conheciam o programa. Segundo elas, o mutirão de ações foi importante para divulgar os benefícios do programa e estimular a adesão de estudantes.

Além do benefício da meia-entrada, o ID Jovem também concede duas vagas gratuitas e duas vagas com 50% de desconto em passagens interestaduais. A possibilidade de pagar meia passagem de ônibus em viagens para outros estados animou as estudantes Victória Talita, de 16 anos, e Ingrid Graziely, de 18 anos, também do C.E. Julia Kubitschek. As alunas já estão programando os locais que pretendem visitar e shows musicais que desejam assistir.

De acordo com Jéssica Ohana, ações como essa são fundamentais para popularizar o Estatuto da Juventude para que os jovens conheçam seus direitos e vejam nele um instrumento legal de reivindicação para melhorar suas condições de vida e se apropriem desse programa que regulamenta direitos tão importantes.

No Rio de Janeiro, aproximadamente 800 mil jovens poderão ser beneficiados por atenderem aos critérios exigidos para inscrição no ID Jovem.

"O ID Jovem é fruto de uma parceira entre o governo estadual e seus diversos municípios com o governo federal. A Secretaria de Educação vai trabalhar alinhada à Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude e prefeituras municipais para estimular a adesão dos jovens. É um programa que trará muitos benefícios aos estudantes", declara o secretário de Estado de Educação, Wagner Victer.

Como aderir ao Programa - Para participar do Programa ID Jovem, o interessado deve estar inscrito no Cadastro Único do Governo Federal, o CAD-ÚNICO, ter renda familiar de até dois salários mínimos e possuir o Número de Identificação Social (NIS), que pode ser consultado no Cartão Cidadão, no extrato do FGTS, na Carteira de Trabalho e no próprio aplicativo da ID Jovem.
Qualquer jovem que atenda aos critérios de cadastramento pode participar do Programa ID Jovem e não precisa sequer ser aluno da rede pública de ensino. O documento também será gerado através de um aplicativo para smartphone, que transformará o aparelho no próprio cartão. Para usar este recurso basta apresentar a imagem do cartão, dentro da validade, na tela do celular no momento da aquisição do bilhete ou ingresso, acompanhada de documento oficial com foto. Assim, o usuário terá garantidos os benefícios da meia-entrada, conforme disposto no Decreto 8.537/2015.

Documentos necessários - Para inclusão ou atualização do Cadastro Único, os responsáveis devem apresentar CPF ou Título de Eleitor e comprovante de residência. Demais membros da família devem apresentar qualquer um dos seguintes documentos: Certidão de Nascimento ou de Casamento; CPF; Título de Eleitor; Carteira de Identidade ou Carteira de Trabalho. Em caso de criança em idade escolar ou que esteja estudando, também dever ser apresentada declaração escolar.




0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.