Go to the content
or

 Go back to Notícias do ...
Full screen Suggest an article

Caravana Pro Paz chega à marca de mil identidades jovens emitidas

July 10, 2017 10:10 , by snjuventude@gmail.com - 0no comments yet | No one following this article yet.
Viewed 103 times

 

 90405 298334

09/07/2017 15:55h

Novidade este ano na Caravana Pro Paz, o Id Jovem atingiu a marca de mil documentos emitidos neste fim de semana. Desde o início do mês, a Caravana Pro Paz Cidadania 2017 vem percorrendo municípios do nordeste paraense com serviços para a população. A caravana que já passou por Bragança, Augusto Corrêa, Tracuateua, Primavera, Quatipuru, São João de Pirabas, Santarém Novo e Salinópolis. Neste fim de semana, Cachoeira do Piriá recebe a ação, que chega, na terça (11) e quarta-feira (12), a Santa Luzia do Pará.

O Identidade Jovem (Id Jovem) é um programa lançado pelo governo federal em parceria com o governo do Estado e operacionalizado pela Fundação Pro Paz, que garante acesso a benefícios como meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos, assim como passagens em sistema de transporte coletivo interestadual. O documento é destinado a pessoas com idade entre 15 e 29 anos, de família com renda mensal de até dois salários mínimos. Além disso, o jovem também tem de estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), e essas informações devem estar atualizadas há pelo menos 24 meses. De acordo com a Secretaria Nacional de Juventude, mais de um milhão de jovens paraenses têm direito ao documento.

Arielle Valdez foi a primeira jovem a retirar o documento na Caravana Pro Paz em Bragança. Para ela, a identidade vai ajudar no acesso a eventos culturais e ao sonho de conhecer outros lugares do Brasil. “Meu maior interesse são as viagens e a entrada no cinema. Quero aproveitar o máximo possível esse benefício. Achei muito legal chegar até mim. Sempre quis conhecer outros Estados, e agora é a minha chance”, disse.

Denise Rodrigues, 29 anos, atendida pela caravana em Salinópolis, também tirou o Id Jovem. Com o documento em mãos, ela pretende levar o filho para conhecer a família em Manaus (AM). “Meu filho nasceu lá e nunca teve como conhecer a família. Ele tem 4 anos e não paga passagem, mas para ir com ele, eu tinha que pagar passagem, custo com o qual não tenho como arcar. Agora com o Id jovem vou leva-lo. Esse é um documento muito importante para nós. Estou muito feliz com essa iniciativa”, afirmou.

Oportunidades – “Para os jovens esse é um programa importante, principalmente para os que vivem no interior do Estado, que podem ter acesso à passagem interestadual. Na região metropolitana, certamente a meia-entrada em eventos culturais e esportivos vai ser um grande benefício e uma opção aos jovens para que possam conhecer mais sobre arte, esporte, lazer e cultura. O documento também é um avanço por ser emitido de forma rápida e gratuita, garantindo por lei os direitos do jovem”, explicou o presidente da Fundação Pro Paz, Jorge Bittencourt.

Em janeiro deste ano, dados da Secretaria Nacional de Juventude mostravam que apenas 300 pessoas haviam emitido o documento no Pará. Entretanto, a partir do processo de capacitação de agentes governamentais e sociedade civil, feito pelo programa Pro Paz Juventude e a secretaria em municípios-polo de diversas regiões paraenses, o número de jovens que garantiram a identidade subiu para mais de três mil nos últimos cinco meses.

Outra adolescente atendida pela caravana, em Primavera, foi Vanessa Maria da Silva, 17 anos. Ela contou que vai usar a carteira para, principalmente, obter meia-entrada em eventos esportivos. “Meus documentos oficiais estão em dia, mas vim em busca do Id Jovem, que pode nos beneficiar com muita coisa boa. Gosto muito de futebol, e agora vou a mais jogos”.

“O Identidade Jovem é um programa social que dá acesso ao jovem para a cultura, seja em eventos, teatros, cinema ou parque de diversão, pagando a metade do preço. Além disso, o jovem pode viajar de graça de um Estado a outro em veículos terrestres como trens, embarcações e ônibus, tudo garantido pela Lei 12.852. A intenção é começar a tirar do papel os direitos da juventude e efetivar essa política pública. O governo federal não consegue chegar sozinho a todos os Estados brasileiros, por isso contamos com a Fundação Pro Paz para chegar aos 144 municípios do Pará. As caravanas de cidadania da fundação são fundamentais para levar essa política para a juventude”, afirmou o secretário nacional da Juventude, Assis Filho.

Serviço: O cartão Id Jovem virtual pode ser gerado após a inclusão e a validação dos dados pessoais no aplicativo para smartphones ou no site do programa. Para os celulares, basta fazer o download do aplicativo e inserir os dados solicitados para gerar o cartão virtual, que fica salvo no próprio aplicativo. Pelo site o processo é semelhante. O jovem deve acessar o endereço do programa e informar os dados cadastrais. Após a geração do cartão virtual, deve salvá-lo como imagem e imprimi-lo. Na Caravana Pro Paz Juventudes há agentes e acesso à internet para cadastro no programa.

Por Mayara Albuquerque

Fonte:Agência Pará.

 


0no comments yet

Post a comment

The fields are mandatory.

If you are a registered user, you can login and be automatically recognized.