Ir para o conteúdo
ou

COMPARTILHE:

 Voltar a Política Int...
Tela cheia Sugerir um artigo

SNJ e Conjuve discutem políticas para a Juventude em festival na Rússia

17 de Outubro de 2017, 17:00 , por jessica - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 6 vezes

 

Russia

A Secretaria Nacional de Juventude (SNJ) participa do XIX Festival Mundial da Juventude e dos Estudantes, que ocorre em Sochi, na Rússia, de 14 a 22 de setembro. O evento é organizado pela Federação Mundial da Juventude Democrática (WFDY) e pelo Comitê Nacional Preparatório da Rússia (CNP) e tem como objetivo consolidar e discutir o movimento estudantil, as políticas para a juventude e fortalecer a cooperação entre as nações. Nesta edição, cerca de 20 mil jovens de 185 países - representantes da comunidade estudantil que alcançaram sucesso em ciências, artes, esportes e política estão reunidos no Parque Olímpico da cidade. Estão presentes 115 brasileiros.

Além da SNJ, participa do evento também o Conselho Nacional de Juventude (Conjuve), com nove representantes. O presidente do Conjuve Anderson Pavin destaca a grandiosidade do evento e a dimensão do protagonismo histórico da juventude no mundo. “É um privilégio participar de um evento dessa magnitude logo nos primeiros meses após a formação do nova gestão do Conselho”, diz Pavin.

No Festival foram apresentados 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) para serem cumpridos nas políticas públicas para os jovens, levando em consideração que o mundo vive um momento denominado bônus demográfico da juventude, quando a população jovem é proporcionalmente maior que o restante. De acordo com Anderson Pavin, é importante observar que o mundo inteiro está planejando estratégias para aproveitar este fenômeno.

Os representantes do Conjuve também participaram do Fórum de Parlamentares Jovens dos países dos BRICS, que ocorreu antes do Festival, em São Petersburgo. “Fomos convidados pelos organizadores do Fórum Rodrigo Reis, do Instituto Global Attitude e componente do Conjuve, e Roman Chukov, tivemos a oportunidade de representar o Conjuve na construção do plano de ação em favor da Juventude que será apresentado para o presidente do parlamento russo e para as lideranças de alto nível dos BRICS”, completa o vice- presidente do Conjuve Marcus Barão.

Unidos por um ideal

O primeiro festival ocorreu há sete décadas, quando jovens se uniram pelo poder dos sonhos e pela crença de que eles poderiam ajudar a mudar o planeta para melhor, com menos injustiça, guerras e conflitos entre países. No discurso de abertura o presidente Russo, Vladimir Putin, salientou a importância do evento para construção de um mundo mais justo e harmônico:

"Vocês podem mostrar que a verdadeira amizade e que o calor do contato humano não cede a diferenças políticas, étnicas, religiosas e culturais.

A energia e talento dos jovens adultos possuem poder surpreendente. Novas gerações sempre trazem ideias inovadoras para o mundo. Você deve se esforçar para tentar coisas novas, se envolver em debates e exibir sua capacidade de discordar do status quo e como as coisas estão feitas. Seja ousado. Crie seu próprio futuro. Esforce-se para mudar o mundo e torná-lo um lugar melhor. Está tudo em suas mãos.

Eventos deste porte provam que jovens unidos podem transformar o mundo. Pessoas de nacionalidades, etnias e costumes tão diversos estão unidos pelo sentimento de disseminação de valores comuns que visam a liberdade, a paz, justiça social. Esse é o caminho que precisamos seguir. Nós, jovens, juntos por melhores condições, oportunidades e igualdade."


0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.