Ir para o conteúdo
ou

 

COMPARTILHE:

CSS JS

 Voltar a Estação Juve...
Tela cheia Sugerir um artigo

SNJ lança edital do Estação Juventude 2.0

12 de Julho de 2017, 14:42 , por snjuventude@gmail.com - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 140 vezes

Whatsapp image 2017 07 11 at 13.11.46

Com proposta de integração à realidade de cada comunidade, o Governo Federal, por meio da Secretaria Nacional de Juventude, lança o edital do Programa Estação Juventude 2.0 para aprimorar o acesso de jovens moradores de áreas vulneráveis a seus direitos, participação e emancipação social. O lançamento do edital vai ser feito no dia 20 deste mês, a partir das 10h, com transmissão ao vivo pela página no Facebook da Secretaria Nacional de Juventude, onde será explicado o Programa, os requisitos do Edital e a possibilidade de tirar dúvidas. Basta acessar a nossa página.

Entre as principais mudanças do edital, está a flexibilização das propostas de execução do convênio com estados e municípios. Dessa forma, o governo permite que o programa seja aplicado à realidade diagnosticada em cada comunidade, levando em consideração a história, a cultura e as potencialidades de cada território, assim como os distintos grupos que o habitam. "Vamos fazer um mapeamento da realidade de cada juventude para que, de acordo com a orientação recebida, possamos atender de forma adequada às necessidades locais", esclareceu o Secretário Nacional de Juventude, Assis Filho.

Para que essas mudanças sejam possíveis, o governo vai investir mais de R$ 11 milhões no Estação Juventude, cada convênio poderá chegar a casa de R$ 300.000,00 que vai funcionar como uma modalidade complementar em espaços públicos presentes nos estados/municípios. Isso significa que não haverá gastos com obras morosas, mas sim um aproveitamento de espaços existentes. Nesses locais os jovens devem encontrar um ambiente acolhedor para atividades culturais, troca de informações e serviços que lhes propiciem inclusão, autonomia e emancipação.

Outro importante avanço previsto no edital trata do combate às violências contra jovens, com destaque para a população negra. Segundo o último levantamento divulgado pelo Mapa da Violência e pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), jovens negros são as principais vítimas de violência do país. Somente no ano de 2015, foram assassinadas 31.264 pessoas desse grupo social com idade entre 15 e 29 anos.
Nesse sentido, entre os requisitos para que municípios e estados participem do convênio para execução do Programa Estação Jovem 2.0, está a apresentação de propostas de enfrentamento à violência contra a juventude negra. Além disso, é necessário também que para ser contemplado é o obrigatório que estados e municípios tenham órgãos de Juventude nas suas estruturas administrativas, bem como conselhos de juventude, tais existências integram a política de estímulo do Governo Federal ao processo de institucionalização da política municipal de Juventude.

ASCOM/SNJ


0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.