Ir para o conteúdo
ou

Eleições Conjuve 2017

COMPARTILHE:
Tela cheia

Inscrições

11 de Maio de 2017, 14:39 , por Pedro Henrique Caixeta - 1Um comentário | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 3007 vezes

PERIODO DE INSCRIÇÃO

A Comissão Eleitoral prorrogou as inscrições do Conjuve por mais 10 dias. As inscrições ocorrerão no período de 15 de maio a 8 de junho de 2017, com o preenchimento de Formulário de Inscrição disponibilizado na sede da Secretaria Nacional de Juventude, situada no Pavilhão das Metas, Via N1, Leste, s/n°, Praça dos Três Poderes, Zona Cívico Administrativa, Brasília-DF, CEP 70150-908; ou no Portal da Juventude e encaminhado por meio da plataforma de inscrição das candidaturas na internet (site: www.juventude.gov.br/eleicoes-conjuve-2017).

ENVIO DA DOCUMENTAÇÃO COMPROBATORIA

Para validade das candidaturas deverá ser preenchido Formulário de Inscrição disponível na sede e no site (Clique aqui para download do Fórmulario de inscrição), durante o período de 15 de maio a 8 de junho de 2017.

Os documentos comprobatórios elencados nos arts. 10 e 14, deverão ser enviados por e-mail no endereço: eleicao.conjuve@presidencia.gov.br; ou via SEDEX à Secretaria Executiva do Conselho Nacional de Juventude, para o endereço indicado acima, tendo como base a data de postagem nos Correios.

LEMBRE-SE: O ENVIO DOS DOCUMENTOS DEVE SER REALIZADO NO MESMO PERÍODO DAS INSCRIÇÕES

DOCUMENTOS COMPROBATORIOS SOLICITADOS

No ato da inscrição as (os) Representantes da Sociedade Civil de atuação estadual, regional e/ou municipal deverão apresentar ou enviar os seguintes documentos:

I. Cópia autenticada do Estatuto do Movimento, Associação, Organização, Fóruns ou Redes da Juventude de atuação estadual, regional e/ou municipal ou de documentos comprobatórios de sua existência;

II. Cópia autenticada da Ata de reunião que elegeu a atual representação do Movimento, Associação, Organização, Fóruns ou Redes da Juventude de atuação estadual, regional e/ou municipal;

III. Relatório de atividades do ano de 2015 e 2016 que informe sua atuação no campo da juventude, com descrição de atividades organizadas, de atividades organizadas em parceria com outras organizações, atividades em que foi participante, quantidade de pessoas atingidas, histórico e demais informações que julgar pertinentes;

IV. Indicação formal, firmada pelo representante legítimo do Movimento, Associação, Organização, Fóruns ou Redes da Juventude de atuação estadual, na forma do seu Estatuto ou correlato, do representante que participará da assembleia de eleição, citando nome e qualificação;

V. Apresentação de carta assinada por instituição reconhecida, atestando a efetividade das ações da requerente dentro do âmbito de seu respectivo estado;

VI. Formulário padrão preenchido.

As entidades da Sociedade Civil indicadas nos incisos I, li e 111 do art. 8°, para participar da Assembleia de Eleição, se eleitas, para assumir cadeira no Conselho Nacional de Juventude, deverão indicar preferencialmente pessoas jovens, em idade estipulada pelo Estatuto da Juventude.

Indicações de jovens entre 15 e 17 anos deverão ser acompanhadas de documento autenticado com autorização e declaração dos pais ou responsável.

INSCRIÇÃO DE REPRESENTANTES DA SOCIEDADE CIVIL DE ATUAÇÃO NACIONAL

As seguintes entidades da Sociedade Civil de atuação nacional poderão apresentar candidatura:

I. Movimentos, Associações ou Organizações da Juventude;

II. Fóruns e Redes da Juventude;

III. Entidades de Apoio as Políticas Públicas de Juventude.

Para habilitação no processo eleitoral, as entidades da sociedade civil a que se refere o art. 12, do presente edital, deverão comprovar:

I. Pelo menos dois anos de funcionamento;

II. Atuação na mobilização, organização, promoção, defesa ou garantia dos direitos com reconhecimento do impacto/influência nacional na área e na temática de juventude;

No ato da inscrição deverá apresentar ou enviar os seguintes documentos:

I. Cópia autenticada do Estatuto do Movimento, Associação, Organização, Fóruns e Redes ou Entidades de Apoio as Políticas Públicas de Juventude de atuação nacional ou de documentos comprobatórios de sua existência;

II. Cópia autenticada da Ata de reunião que elegeu a atual representação do Movimento, Associação, Organização, Fóruns ou Redes da Juventude ou Entidades de Apoio as Políticas públicas de Juventude de atuação nacional;

III. Relatório de atividades dos anos de 2015 e 2016 que informe sua atuação no campo da juventude, com descrição de atividades organizadas, de atividades organizadas em parceria com outras organizações, atividades em que foi participante, quantidade de pessoas atingidas, histórico e demais informações que julgar pertinentes;

IV. Indicação formal, firmada pelo representante legítimo do Movimento, Associação, Organização, Fóruns e Redes de juventude e Entidades de Apoio as Políticas Públicas de Juventude de atuação nacional, na forma do seu Estatuto ou correlato, do representante que participará da assembléia de eleição, citando nome e qualificação;

V. Comprovante da Inscrição e da Situação Cadastral (CNPJ) (Exclusivamente para Entidades de Apoio as Políticas Públicas de Juventude);

VI. Apresentação de 3 (três) cartas, assinadas por instituições, reconhecendo a efetividade das ações da requerente;

VII. Formulário padrão preenchido.

As entidades da Sociedade Civil de atuação nacional, para participar da Assembleia de eleição, se eleitas, para assumir cadeira no Conselho Nacional de Juventude, deverão indicar preferencialmente pessoas jovens, em idade estipulada pelo Estatuto da Juventude.

Indicações de jovens entre 15 e 17 anos deverão ser acompanhadas de documento autenticado com autorização e declaração dos pais ou responsável.

A inscrição de Representantes da Sociedade Civil de atuação nacional de caráter geral ou federativo será vinculada as 20 (vinte) cadeiras destinadas a elas, não permitindo a inscrição de suas associadas, filiadas e componentes nas vagas destinadas a representantes da Sociedade Civil de atuação estadual, distrital, regional ou municipal.

DA ELEIÇÃO PARA REPRESENTAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL

A eleição será para o preenchimento das vagas para representação da sociedade civil, entre titulares e suplentes, serão distribuídas nas seguintes categorias:

I. Representantes da Sociedade Civil de atuação estadual, distrital, regional ou municipal - 20 Cadeiras; e

II. Representantes da Sociedade Civil de atuação nacional- 20 Cadeiras.

Os Representantes da Sociedade Civil de atuação estadual, distrital, regional ou municipal, serão eleitos para as seguintes cadeiras de Titulares (T) e Suplentes (S):

CADEIRA/VAGAS

1. REGIÃO SUL/2

2. REGIÃO SUDESTE/3

3. REGIÃO CENTRO-OESTE/3

4. REGIÃO NORTE/5

5. REGIÃO NORDESTE/7

TOTAL 20

As Entidades da Sociedade Civil de âmbito estadual, distrital, regional ou municipal, representarão o seu Estado de atuação, não podendo o mesmo Estado ocupar a suplência da cadeira em que for titular, tampouco ocupar a titularidade de duas ou mais cadeiras.

Os Representantes da Sociedade Civil de atuação nacional serão eleitos para as seguintes cadeiras de Titulares (T) e Suplentes (S), conforme os 11 Eixos prioritários estabelecidos pelo Estatuto da Juventude:

CADEIRA/VAGAS

1. PARTICIPAÇÃO/2

2. EDUCAÇÃO/3

3. TRABALHO E RENDA/2

4. DIVERSIDADE E IGUALDADE

4.1. GENERO/1

4.2. LGBT/1

4.3. RAÇA E ETNIA/POVOS/1

4.4. JOVENS COM DEFICIENCIA

5. SAUDE/2

6. CULTURA/2

7. DIREITO Ã COMUNICAÇÃO/1

8. ESPORTE E LAZER/1

9. MEIO AMBIENTE/1

10. TERRITORIO E MOBILIDADE/1

11. SEGURANÇA E PAZ/1

TOTAL 20

 


1Um comentário

  • 1e56cc5f52a1ccf3604f9873fe0645d4?only path=false&size=50&d=wavatardanielcalarco
    29 de Maio de 2017, 23:09

    Problemas na Candidatura

    Estou tentando enviar os documentos da organização que participo, mas a caixa não recebe mais emails, meso antes do fim do prazo.


Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.