Ir para o conteúdo
ou

 

COMPARTILHE:

Brasil Mais Jovem

 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Projeto Rondon: 50 anos de histórias

24 de Janeiro de 2018, 12:00 , por snjuventude@gmail.com - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 39 vezes

Whatsapp image 2018 01 24 at 11.24.59

1967 foi um ano ímpar para os universitários cariocas. Em julho daquele ano, alunos voluntários das universidades do Estado da Guanabara (atual Universidade do Estado do Rio de Janeiro), da Universidade Federal Fluminense e da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro fizeram história. A missão que ficaria conhecida como Operação Zero foi protagonizada por trinta estudantes e dois professores que, durante 28 dias, desbravaram o estado de Rondônia para realizar pesquisas, levantamentos e garantir assistência médica a diversos moradores da região. Tinha início o Projeto Rondon, que completa 50 anos de atividades e, desde sua criação, naquele julho de 1967, promoveu ações em 844 municípios em parceria com 291 instituições e reuniu mais de 19 mil voluntários.

Desde a primeira missão, os rondonistas, como são chamados os agentes do projeto, não pararam. Ainda na volta da primeira expedição os alunos e professores envolvidos decidiram dar continuidade às ações de assistência e mapeamento que haviam iniciado. A garantia de progresso na região sairia no ano seguinte, com o Decreto nº 62.927, de 28 de junho de 1968, subordinado ao então Ministério do Interior, efetivando assim, a criação do projeto. Naquele mesmo ano, as atividades se estenderam ao Mato Grosso e à Amazônia, com a adesão de 648 novos voluntários. Hoje, o projeto é subordinado ao Ministério da Defesa, embora a articulação interministerial garanta o encadeamento entre vários campos do conhecimento, como saúde, saneamento e meio ambiente.

O projeto teve seu período de atividade mais intensa durante os últimos 12 anos de funcionamento, visto que foram realizadas 78 novas operações em 1.164 municípios de 24 Estados, com a participação de 2.219 Instituições de Ensino Superior (IES) e 21.935 rondonistas. Estima-se que cerca de 2 milhões de pessoas foram beneficiadas pelo trabalho dos universitários durante os últimos anos.

Apesar de ainda carregar o nome do estado que inspirou sua missão original, o Projeto Rondon ampliou sua área de atuação e deixou a marca do desenvolvimento sustentável em cidades e municípios de 23 estados brasileiros.  

Em 24 de outubro deste ano, o projeto fundado por professores e estudantes recebeu uma homenagem da Câmara dos Deputados, em sessão solene. A iniciativa dos deputados Alex Canziani (PTB-PR) e Pedro Fernandes (PTB-MA) garantiu que o programa do Ministério da Defesa não só fosse lembrado pelas melhorias que promoveu nas vidas de milhares de brasileiros ao longo de meio século, mas garantisse a continuidade das ações dos voluntários. Não deu outra. Para o próximo ano, já foram confirmadas as Operações “Pantanal”, no estado do Mato Grosso do Sul, e “Palmares, no estado de Alagoas.


Fonte: <a href="http://juventude.gov.br/juventude/noticias/projeto-rondon-50-anos-de-historias">Juventude</a>

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.