Ir para o conteúdo
ou

 

COMPARTILHE:

Brasil Mais Jovem

 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Governo federal lança Brasil Mais Jovem

22 de Agosto de 2017, 17:18 , por snjuventude@gmail.com - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 241 vezes

Brasil mais jovem banner

O governo federal vai lançar o Brasil Mais Jovem, o maior pacote de ações voltadas para jovens de 15 a 29 anos. O lançamento acontecerá durante o Encontro Nacional de Gestores Municipais e Estaduais de Juventude, dias 23 e 24 de agosto, na Escola Nacional de Administração Pública (Enap), em Brasília (DF).

 

A Secretaria Nacional de Juventude é o órgão da Presidência da República responsável por articular e coordenar os programas, projetos e ações desenvolvidos para a emancipação e o empoderamento da juventude brasileira. O Comitê Interministerial da Política de Juventude (Coijuv), instituído pelo Presidente Michel Temer através do decreto 9.025 de 2017, fez um levantamento e identificou todas as políticas públicas de juventude executadas pelo governo federal. Elas foram incluídas no Brasil Mais Jovem e o objetivo da SNJ é fazer com que essas políticas públicas de juventude cheguem aos estados e municípios brasileiros.

Além de articular para que as ações do governo federal cheguem aos 51 milhões de jovens brasileiros, a SNJ trabalha para tornar realidade os 11 eixos temáticos do Estatuto da Juventude. Entre os programas geridos pela pasta estão o  Juventude Viva, o Estação Juventude 2.0,o  ID Jovem, a Plataforma Juventude Segura, a Biblioteca da Juventude, o Plano Nacional de Startup’s, dentre outros. O ID Jovem é o maior programa social do governo federal voltado para a juventude.

Dentro das ações do Brasil Mais Jovem, o presidente Michel Temer vai editar dois decretos que regulamentam o Estatuto da Juventude (Lei 12.852/2013): o primeiro que visa ampliar o acesso dos benefícios decorrentes do Programa ID Jovem com mais acesso a mobilidade e cultura; e o segundo decreto regulamenta e institui o Sistema Nacional de Juventude (Sinajuve).

Dentre as políticas que integram o Brasil Mais Jovem está no Ministério da Cultura o programa para levar esporte e lazer aos jovens que é o Centro de Artes e Esportes Unificados (CEUs), uma opção de lazer nos bairros que oferece biblioteca, cineteatro, pista de skate e quadra de eventos. O Programa Segundo Tempo, do Ministério dos Esportes, tem o objetivo de democratizar o acesso ao esporte educacional por meio de práticas corporais, prioritariamente de adolescentes que se encontram em áreas de vulnerabilidade social e matriculados na rede pública de ensino.

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é o programa do Ministério da Educação que financia cursos superiores não gratuitos e com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). O novo Fies terá três modalidades e começará em 2018. No total, esse programa vai garantir 300 mil vagas, das quais 100 mil a juros zero para estudantes com renda mensal familiar de até três salários mínimos.

Você pode conhecer este e outros programas que integram o Brasil Mais Jovem em nossa revista clicando aqui. A revista Brasil Mais Jovem será lançada bimestralmente pelo Comitê Interministerial de Juventude. Desta forma, gestores públicos, conselhos de direitos e movimentos sociais serão atualizados das ações do governo para a juventude.

Texto: Ascom/SNJ


0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.